Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
Cape-Fur-Seals-(Xenia-Ivanoff-Erb)
previous arrow
next arrow

 

 

Ordenamento do Espaço marinho baseado nos Ecossistemas para uma Economia Azul Sustentável

Projecto MARISMA

Saber mais
A introdução do Planeamento Espacial Marinho (MSP) baseado no ecossistema no Grande Ecossistema Marinho da Corrente de Benguela (BCLME) é apoiada pelo Projecto de Gestão e Governação do Espaço Marinho da Corrente de Benguela (MARISMA, 2014-2024). O projecto é uma parceria de desenvolvimento entre a Convenção da Corrente de Benguela (BCC), as suas Partes Contratantes, e o Governo da República Federal da Alemanha na prossecução do desenvolvimento sustentável da região da Corrente de Benguela.

“O processo de MSP é novo e há apenas alguns anos atrás era completamente desconhecido na região. Hoje, graças ao apoio contínuo do projecto MARISMA, as partes contratantes da Convenção da Corrente de Benguela, Angola, Namíbia e África do Sul, são globalmente aclamadas pelo seu progresso na utilização do OEM para melhorar a sua Economia Azul. Estamos orgulhosos de ter chegado tão longe e esperamos continuar esta parceria de sucesso”. Thandiwe GXABA, Secretário Executivo Interino da Convenção da Corrente de Benguela

Parceiros do Projeto

Implementado por: Agência Alemã de Cooperação para o Desenvolvimento (GIZ) em parceria com a BCC
Duração: Agosto de 2014 – Marchar de 2024
Financiamento: Até € 11.680.000 (contribuição Alemã) com contribuições pelo BCC e seus estados contratantes